Who has Ensonhos em Compostela on the Collection

  • Alicia Caparelli

    Alicia Caparelli

    Nasci em Torino, mas mudei com meus pais para Milano, onde conheci uma guardiã que apontou o Caminho. Como não havia círculos em formação na Itália, ela deu a opção de eu aguardar uma posição na Europa ou ir para a América do Sul, onde havia posições disponíveis. Fui primeiro para a Argentina, pois conhecia a língua, mas não houve qualquer indicação. Angelo estava por lá nessa época e sugeriu que eu fosse para o Brasil formar o 'círculo sucessor' da sua corrente com Ramon Dellaqia, o guardião.

  • Rahul Shankapur

    Rahul Shankapur

    Nasci em Mumbai, onde conheci Ramon Dellaqia. Ele morou na Índia por alguns anos na juventude. Não fui contatado diretamente pelo guardião do círculo anterior ou por seus batedores, mas por um parceiro do mesmo ciclo, embora tenha sido apontado noutra ocasião. Ramon não sabia disso, mas o outro sabia, é claro. Ainda assim, meu caso é incomum e decerto único nos anais dos círculos. Eu não esperava qualquer continuação dos eventos e fiquei bem surpreso quando descobri como estavam interligados.

  • Luiz Augusto

    Luiz Augusto

  • Sofia Silenzio

    Sofia Silenzio

  • Rafael Pandragom

    Rafael Pandragom

    Nasci em Santiago do Chile e vivi lá até depois da adolescência, quando me havia envolvido com drogas e outros delitos. Estava bem desencaminhado quando fui encontrado por um senhor italiano chamado Angelo e quem eu pensei que fosse a sua mulher. Eles me convidaram para viajar com eles para Brasília, no Brasil, e conhecer outra vida. Como eu não tinha perspectiva e nem sensatez, larguei tudo e fui com eles. Isso mudou a minha vida inteiramente, pois eles não eram gente cotidiana, mas peregrinos.

  • Ila Marquez

    Ila Marquez

  • Thanatos

    Thanatos

    Nasci em Atenas, filho de pai diplomata e mãe professora universitária. Viajamos para vários países da Europa para estarmos com meu pai, que viajava para o seu departamento, um braço da ONU. Morei na Itália, Netherlands, Espanha e Portugal. Por último viemos para o Brasil, quando eu já era pós-adolescente, e onde fiz faculdade de administração. Fui trabalhar em uma grande imobiliária em São Paulo cujo sócio-gerente era Angelo. Fui apontado para ele, que então me encaminhou ao "círculo sucessor".

  • Shayla Rudrani

    Shayla Rudrani

    Eu nasci e cresci em Bangalore, onde vivi até os dezoito anos, mas conheci Rahul Shan Kapur quando fui trabalhar em Mumbai, e através dele o seu círculo. Mudei para o Brasil em fins de dois mil e seis para integrar o Círculo do Dragão, quando tinha vinte e dois anos. Há dez anos, portanto. Gosto do país e dos brasileiros, mas de vez em quando viajo para a minha terra natal com Rahul Paragom, que também é indiano, ou mesmo sozinha para matar a saudade e fazer algumas peregrinações por lá.

  • Theo Liberato

    Theo Liberato

    Nasci e cresci em São Pedro. Estudei em Friburgo e fui fazer Engenharia Florestal na UFRRJ. Havia lá a comunidade de um caminho que eu supunha oriental. O rio passava pela propriedade privada vindo da montanha. Usei-o para ver o que escondiam lá. Um homem sério e sisudo me viu e mandou-me sair do rio, pois eu estava invadindo. Recusei-me, pois o rio é público. Ele me olhou em silêncio e depois me convidou a girar com eles, pois praticavam o giro sufi. O homem se chamava Rahul e era um peregrino.

  • San Dragon

    San Dragon

    Nasci em Galipán, mas fui morar em Caracas com a minha família bem novo. Conheci um mestre peregrino numa caminhada nas montanhas da minha terra. Ele estava peregrinando por lá, mas morava no Brasil. Fui apontado para ele então, mas nada sabia a esse respeito e acabei sendo encaminhando sem perceber para um contexto virtual a fim de interagir nele, ainda que isso não fosse usual, enquanto era instruído diretamente na 'atenção paralela'. Ambos passaram despercebidos para o 'agom', mas resultaram.